Publicado em 27 de julho de 2015 Eventos Salvador como Cidade da Música

Na sexta-feira, fomos premiados com a notícia de que Salvador lançou sua candidatura ao título de Cidade Criativa da UNESCO. O objetivo é tornar a cidade mais visada pelos turistas e mais reconhecida pelo mundo.

A UNESCO é uma organização das nações unidas criada após a Segunda Guerra Mundial voltada para a educação, ciência e cultura, unindo países através desses meios. Já o título de Cidade Criativa foi criado em 2004 para a valorização da criatividade como um modo de desenvolvimento urbano sustentável, sendo dividido em sete temas: literatura, cinema, música, artesanato e arte popular, design, artes e gastronomia. Portanto, o principal fator para que uma cidade receba o título é depender economicamente de alguma atividade criativa.

Algumas cidades brasileiras já possuem o título, como Florianópolis (gastronomia) e Curitiba (design).

No caso de Salvador, a cidade está concorrendo ao tema da música. A importância desse título é que a cidade seria a primeira do Brasil (relacionado a música). O que não é de se estranhar já que ela respira cultura e produções musicais, ainda que vistas de modo depreciativo até mesmo por alguns baianos. O axé, por exemplo, um ritmo exclusivo da Bahia, com um nome que traz uma conotação a nossa história e as boas energias, que até mesmo a cidade representa.

Tanto que o Carnaval é considerado o maior impulsionador da produção e do desenvolvimento musical na cidade. Há destaque também para a criação do samba reggae, do trio elétrico e da guitarra baiana, além de projetos como a Escola de Música Olodum, a Escola Pracatum, a Oficina de Frevos e Dobrados, da Neojiba, da Didá Escola de Música Feminina e do Bagunçaço.

346x0-28370-5627-pelourinho

Um dos pontos culminantes do projeto é a realização do Museu da Música, que será localizado no antigo casarão de azulejos portugueses da Praça Cayru, restaurando e dando um novo uso ao casarão. Essa é uma iniciativa inteligente e sustentável, que resolve o problema de segurança do local (o prédio estava deteriorado) e respeita a memória arquitetônica e cultural.

640x0-28261-3128-casarao CAZU

A candidatura foi lançada no Candyall Guetho Square, no bairro do Candeal, e contou com a participação do músico Carlinhos Brown. O lugar é um importante centro cultural criado pelo próprio Brown.

O resultado será divulgado em Dezembro. Fiquem ligados, que nós aqui também estaremos!

Carolina Meireles.