Publicado em 26 de março de 2015 Na Rede #NaRede: Campanha da Risqué – Homens que amamos

A nova campanha da Risqué, famosa marca de esmaltes, deu o que falar nesses últimos dias pelas redes sociais. A marca apresentou sua nova coleção da seguinte forma: “Inspirada nos homens que fazem a diferença na vida das consumidoras, apresentamos a Coleção Risqué Homens que Amamos. Um tributo aos pequenos gestos diários dos homens. Conheça as cores e escolha suas favoritas!”

risque1

Não viemos aqui dizer se a marca se posicionou de forma certa ou errada, afinal vai ter gente que não achou nada demais a nova campanha, entretanto tiveram muitas mulheres que questionaram esse posicionamento. Achamos que se deve levar em consideração se a ideia a ser transmitida vai ser bem aceita pelo público ou não. A nova coleção tem seis esmaltes e cada um deles leva o nome de um “gesto”.

risque2risque3 risque4

risque6       risque7       risque5

O que acontece de fato, é que a marca trouxe a ideia da relação Homem e  Mulher, e acabou destacando aquela típica situação de que a mulher está esperando o homem mandar flores, mensagens, dizer te amo e etc. E isso é uma realidade, isso acontece sim hoje em dia. Mas, vale ressaltar que esse tipo de campanha pode ser uma ameaça para a própria marca, já que nos dias de hoje isso já não está em primeiro plano, né?. Será que as mulheres de hoje se contentam com isso? Será que isso é o bastante? E mais, será que cabe uma campanha como essa? Já que a maioria do público da Risqué são mulheres e a marca fez um tributo aos homens. Não seria melhor fazer um tributo as próprias mulheres?

Vale lembrar que o querermos dizer, não é que a mulher não fica feliz com “gestos como esses”,  as mulheres ficam felizes com isso, essa não é a questão. Mas será que isso é a realidade de todas as mulheres? A gente não quer dizer que foi um erro ou um acerto, a gente só quer passar a ideia de que uma marca precisa enxergar todas as possibilidades de reação do público. Muitas mulheres ainda vivem esse tipo de situação e a maioria comemora “quando o Zeca chama pra sair”, mas será que o mundo das mulheres gira em torno disso?  Queremos abrir a discussão para vocês… O Conceito Uno quer saber de você, o que achou da nova campanha da Risqué? Deixe nos comentários a sua opinião.