Publicado em 21 de outubro de 2015 Destaques, Na Rede Na Rede: Projeto Litro de Luz

Vocês já ouviram falar do projeto Litro de Luz? Tudo começou quando My Shelter Foundation, organização que desenvolve projetos sociais econômicos e sustentáveis, descobriu em 2011 uma lâmpada criada por Alfredo Moser e percebeu que ela poderia ser utilizada para iluminar várias comunidades carentes pelo mundo que não tem acesso fácil à eletricidade.

litrodeluz1

A lâmpada desenvolvida por Moser consiste em uma garrafa de plástico preenchida com uma solução de água e alvejante, colocada em pequenos buracos nos telhados das casas. Assim como vemos na física, quando a luz solar incide no topo da garrafa ocorre a refração, espalhando-a no ambiente. A lâmpada de Moser é equivalente à uma lâmpada de 55 watts.

Moser, um mecânico brasileiro, desenvolveu essa lâmpada em 2002, devido aos constantes apagões da época.

Lâmpada noturna.

Lâmpada noturna.

Como a lâmpada era diurna, pois dependia da luz solar para funcionar, a tecnologia foi desenvolvida de modo que possibilitasse a criação de uma lâmpada noturna. Ao mecanismo, foi acoplado uma placa solar que armazena até 32 horas de energia e pequenas lâmpadas LED, tornando a lâmpada completa e adequada a qualquer hora do dia. Isso permitiu também a criação de postes de luz, em que as garrafas são presas à tubos de PVC, iluminando as áreas públicas das comunidades.

    litrodeluz8 litrodeluz2

Em 2014, o projeto ganhou uma extensão brasileira, com sede em Florianópolis.  A iniciativa foi de Vitor Belota Gomes, que ao fazer um trabalho voluntário em escolas carentes no Quênia e ver como a falta de energia prejudicava os alunos, decidiu implantar o projeto, trazendo-o mais tarde para o Brasil.

Começando por Santa Catarina, o objetivo é levar essa tecnologia às cinco regiões do país até o final de 2016, com a ajuda de voluntários e parceiros.

litrodeluz6

Apresentação do projeto no Lumiere Durham.

Apresentação do projeto no Lumiere Durham.

No site oficial do projeto podemos encontrar mais sobre ele e o passo-a-passo de como fazer as lâmpadas diurna e noturna. Quer saber mais? Acesse:

Site oficial Brasil

Página no Facebook

Print

Beijos,

Carolina.