Publicado em 19 de outubro de 2015 Eventos Festival Food Stock

Um evento que reúne arte, música, sustentabilidade e gastronomia. Já tinha ouvido falar do sucesso que a foi a primeira edição do festival que aconteceu no Shopping Paseo. Dessa vez o evento aconteceu no estacionamento F do Shopping da Bahia e foi bem divertido e animado. O que mais me chamou atenção foi a decoração do local.

evento 2

evento 5 evento

evento 3

Felipe Evans: Música com violino misturando o clássico com músicas populares.

A gente já tinha pensado em ir no evento, mas o que mais nos motivou a ir foi o convite que recebemos do Black Pepper Burguer para ir experimentar os hambúrgueres maravilhosos que a gente já tinha ouvido falar mas nunca tinhamos provado. E aí o convite rolou e fomos! Pra quem não conhece o Black Pepper é um Food Truck de hambúrguer que sempre tá por aí participando desses eventos.

12166400_1130706073624581_1101309893_n

blackpepper1

blackpepper2  12167737_1130706083624580_1968830487_n

12170255_1130706080291247_1667226276_n

Black Lamb

Os hamburgueres que experimentamos foi Black Cheddar e o Black Lamb, mais recente que foi lançado. Simplesmente delicioso, hambúrguer com gosto caseiro, feito na hora e um produto de qualidade. A gente gostou muito, não só pelo convite mas também porque o sabor é muito bom. Vale muito apena experimentar!

Além dos Food Trucks e das lojinhas, o evento contava com  oficinas que envolviam temas variados. No momento que a gente tava lá, tava rolando uma oficina que ensinava as pessoas como montar uma hortinha em casa. Nós não assistimos mas parecia ser bem interessante e as pessoas podiam fazer perguntas e tirar dúvidas.

oficina

Algumas lojinhas que já participaram de outros eventos similares estavam lá com seus produtinhos. Uma lojinha que me chamou bastante a atenção foi a Naftalina art retrô que tinha vários itens de decoração bem diferentes do que costumamos ver por aí! Além dessa tinha também o Atelier 29 que tinha uns quadros lindos em azuleijo.

naftalina art retro

esqueci o nome da loja

Atelier 29

Por fim, acho que uma das coisas mais diferentes e que nunca vi igual em outro evento da cidade foi a Praça Zack Magiezi. O Zack tinha uma máquina de escrever e ele ia digitando versos pra quem quisesse ler um pouco de poesia. Bem divertido porque ele olhava pra você e escrevia o que tava vendo. Nessa árvore tinham alguns versos que já estavam prontos e as pessoas podiam tirar.

espaço praça 2

espaço praça 3  espaço praça 1

Depois de descobrir esse artista, fui pesquisar no Instagram e achei o perfil dele onde ele também posta várias poesias. Então se você quiser conferir só clicar aqui.

Gostei muito do festival e achei que foi bem divertido. Mas acho que as próximas edições poderiam acontecer em um lugar aberto, como praças, já que o festival tem a sustentabilidade como foco e tema. No mais, acho um evento divertido pra estar com os amigos e curtir um som.

Algum de vocês foi no festival? O que achou? Deixa pra a gente nos comentários 😉

Beijo,

GabriELA.