Publicado em 23 de setembro de 2015 Eventos Festival da Primavera

Esse final de semana ocorreu o tão esperado Festival da Primavera. Nos dias 19 e 20 de setembro a prefeitura de Salvador organizou o festival com muita música e animação. O evento aconteceu em conjunto com a Feira da Cidade e o Food Park Salvador, conseguindo reunir música, arte e gastronomia. O show ficou concentrado no Jardim de Alah, mas até mais adiante tinham opções de lojinhas e foodtrucks para quem queria aproveitar outras opções.

IMG_3287

IMG_3251

Os foodtrucks ficaram um pouco distante do festival em si, acho que em próximas edições pode ficar um pouco mais perto para que as pessoas não precisem se deslocar muito para ter acesso aos eventos.

11940717_1195275007154810_5527685866600682360_n

A programação do festival foi bem diversificada e conseguiu atrair muitas pessoas.

Entre as opções de foodtrucks disponíveis tentei, dessa vez, testar comer em um diferente pra contar minha experiência e falar um pouco o que achei. O meu escolhido foi o Guerrilha, onde experimentei um hambúrguer com o mesmo nome e um milkshake de ovomaltine.

12042008_1117829348245587_72210171_n 12026636_1117829408245581_829947433_n

Escolhi experimentar esses dois porque estava na promoção, por “apenas $20”. O que me chamou muito a atenção não só do Guerrilha especificamente, mas de todos os foodtrucks, onde o intuito é vender comida de rua em preço popular, a maioria deles oferecem produtos e preços similares a restaurantes e lanchonetes. Por isso que quando tenho acesso aos foodtrucks são nesses eventos.

                                  12047508_1117829394912249_845550680_n 12033703_1117829384912250_594988340_n

Eu achei o sanduíche bem gostoso, mas acho que deixou a desejar porque a carne poderia estar um pouco mais cozida (menos vermelha), no entanto eu comeria outra vez. No geral, gostei do serviço e do atendimento… A moça do caixa foi muito atenciosa comigo.

No mais, eu gostei muito do festival. O que poderia melhorar é que as coisas poderiam estar mais unidas para que o público pudesse aproveitar tudo ao mesmo tempo, quem ia comer nos foods acabou deixando de aproveitar a música e a feirinha.

Espero muito que tenha próximas edições, não só no período da primavera.

beijo,

Gabriela.