Publicado em 12 de junho de 2015 Eventos, Na Rede DIA DOS QUE AMAM

Dia dos namorados. Alguns consideram essa data mais uma forma que o capitalismo encontrou para se manter soberano, lucrando às custas de jovens apaixonados (porque sim, quando nos apaixonamos, rejuvenescemos). Um pensamento meio frio, mas vá lá. Alguns até esquecem que essa data existe… Ou fingem que esquecem. E alguns comemoram o dia com o alguém especial.

Mas esse dia não se trata dos lucros do capitalismo. Não é uma data que se esquece. E, também, não é uma data que precisa ser compartilhada apenas com quem você necessariamente namora. Datas servem para lembrarmos do verdadeiro significado das coisas, sejam elas de importância pessoal ou mundial.

O dia 12 de junho se trata de celebrar o amor, em sua forma mais pura ou hedionda, mas verdadeira. O amor não só a quem divide um status de relacionamento com você. É um dia dedicado a quem você ama, mesmo que não receba nada em troca. E você não se importa de não receber nada em troca, porque ser tocado pelo amor é o maior presente que se pode receber.

mensagens_amor_incondicional

Em se tratando de amor, o Conceito Uno quis deixar uma mensagem especial para vocês. Mas também queremos trazer algo pessoal. Essa é a minha visão sobre o amor:

Eu só queria

Esconder-me em teu sorriso

Perder-me em teu abraço

Esquecer-me em ti

Contornar-te à penumbra

Caçar tuas estrelas

Segui-las por contento

Cadentes cadendo até onde a aurora reside

E explodir em ouro eterno

Até onde o buraco negro surge

Até onde o vácuo faz a curva

Até onde o universo se expande

Até onde o big bang começa

E a gente renasce sideral.

 

Carolina Meireles

 

FELIZ DIA DO AMOR!